Posted by on Dez 6, 2010 in Fugas de informação | 0 comments

A União Europeia quer acabar com as marcas nos pacotes de tabaco. A ideia foi hoje apresentada e vai estar agora em discussão. Se for para a frente, a partir daí não vamos voltar a ver os logótipos de tabaco. Em vez disso, é escolhido um tipo de letra e um layout e todos os pacotes vão passar a ter o nome da empresa escrito sem distinção. Os avisos vão continuar tal como os conhecemos hoje.

Assim, não haverá mais publicidade ao tabaco. Já é proibida e desta forma fica também fora dos pacotes. Será isto correcto? Será que se pode simplesmente banir as marcas? Afinal, o tabaco é legal. Fumar (tabaco) não é crime e é um hábito de milhões. Sou, publicamente, anti-tabaco. Ninguém fuma no meu quarto, ninguém se lembre sequer de fumar no meu carro. Mas sinto um roçar na ditadura quando dizem que as marcas de tabaco não podem ter pacotes diferentes. Mal comparado, era como se as cervejas não pudessem ter o logo Sagres ou SuperBock. Ou como o Martini não ter aquelas garrafas tão típicas. Concordam?

Boas palavras