Posted by on Jan 10, 2011 in Fugas de informação | 0 comments

Mudar de Sócrates para Portas é “mudar de um diabo à esquerda para um diabo à direita e no meio há um inferno a arder”.

Esta é uma afirmação de Honório Novo, deputado do PCP, em declarações ao ETV. Já se sabe que o PSD e o CDS admitem que se Portugal tiver de recorrer  a um empréstimo do Fundo de Resgate, será preciso mudar de Governo. No entanto, uma moção de censura vai depender das opções da esquerda. O Partido Comunista quer uma “mudança” nessa situação, mas longe da direita.

Honório Novo garante que o PCP “não fará o jogo de interesses estritamente partidários do Dr. Portas e do Dr. Passos Coelho”, caso Portugal tenha mesmo de pedir ajuda ao Fundo de Estabilização Financeira. Em declarações ao ETV, o deputado do PCP considera que perante um cenário de ajuda externa, é o sinal de que o Governo “falhou”, assim como falharam o “PSD e o Presidente da República”.

Questionado sobre se o Partido Comunista apoiaria uma moção de censura, Honório Novo prefere não fazer “futurologia”, mas garante que aí será preciso “parar para pensar” e “mudar”. Rejeitando a hipótese de se colocar ao lado da direita, Honório Novo diz que esta não é uma “questão de caras”, uma vez que considera que Passos Coelho e Paulo Portas iriam “fazer o mesmo ou talvez pior”. Mudar de Sócrates para Portas é “mudar de um diabo à esquerda para um diabo à direita e no meio há um inferno a arder“, afirma.

Honório Novo acrescenta que é preciso que todos os portugueses se juntem para “dar um murro na mesa”. As críticas vão em várias direcções: “Alguns dos responsáveis estão na campanha eleitoral”, são todos “aqueles que ano após ano disseram ámen aos Planos de Austeridade a pretexto de pressões dos mercados”, explicando que não se referia apenas ao actual Presidente da República, mas também ao PS e ao PSD. Sobre a entrada do FMI em Portugal, Honório Novo diz que “prefere não acreditar nesta possibilidade”.

NOTA: Notas de uma entrevista feita para o ETV, no dia 10 de Janeiro de 2010. Imagem retirada da internet.