Posted by on Fev 7, 2011 in Fugas de informação | 0 comments

Durante esta semana os transportes públicos vão parar. CP, Carris, Soflusa, Transtejo, ….. e não vão haver transportes alternativos. No sector público os funcionários contestam os cortes dos salários. Já no sector público defende-se aumentos de salários. Fica o calendário.

Na Segunda-feira começaram as paralisações nos transportes. O Metro parou durante toda a manhã até ao meio-dia. Na terça-feira os portugueses podem andar de transportes à vontade.

Na quarta-feira é dia de paragens na Transtejo, Carris e STCP. Nas ligações fluviais os trabalhadores vão parar três horas por turno. Já nas empresas rodoviárias a paragem será das 10h às 14h, altura de plenário de trabalhadores, quer em Lisboa, quer no Porto.

Na quinta-feira os comboios não vão andar durante alguns períodos. Os funcionários da Refer, CP e Empresa de Manutenção e Equipamento Ferroviário (EMEF) prometem parar todo o dia, com excepção dos maquinistas. Estes colaboradores vão fazer greve das 5h às 9h.

Na sexta-feira os privados juntam-se aos protestos. A Rodoviária do Douro e Minho, assim como a Rodoviária da Beira Interior prometem greve das 3h às 14h. Já na Soflusa, as paragens previstas são de duas horas por turno.

Boas palavras para todos.