Posted by on Fev 27, 2012 in Fugas de informação | 0 comments

Artigo para o site Económico – 27 de Fevereiro 2012

O primeiro-ministro reiterou hoje que o País não precisará de mais medidas de austeridade.

Pedro Passos Coelho garantiu que, de acordo com o projectado, o programa de ajustamento com a ‘troika’ está a ser cumprido. “Não precisaremos de medidas adicionais. O que precisamos é de não abrandar, de não aligeirar o esforço que estamos a fazer”, afirmou o primeiro-ministro durante uma visita ao 17º salão Internacional do Sector Alimentar e Bebidas (SISAB) no Pavilhão Atlântico, em Lisboa.

Sobre as vozes críticas da oposição, o primeiro-ministro afirmou que “se fossem escutadas podíamos ficar em piores circunstâncias” e aí sim “reforçar medidas que não espero que sejam precisas.”

Em relação ao tema das exportações, Passos disse que a crise não afectou as exportações. “Mesmo em condições de maior adversidade, as nossas empresas conseguiram virar-se para o exterior. Grande parte do sucesso do nosso programa de ajustamento depende das nossas exportadoras e produtoras.”

Veja aqui o artigo original